Loading...
Proteínas vegetais
09jul

Proteínas vegetais

Proteína é um macronutriente importantíssimo para o organismo. É composto por uma cadeia de 20 aminoácidos de origem animal ou vegetal. Apesar de existirem 140 compostos na natureza semelhantes aos aminoácidos, apenas 20 deles são utilizados pelos seres humanos para constituir a proteína. Os aminoácidos podem ser essenciais (não produzidos pelo corpo, obtidos pela alimentação) e não essenciais (produzidos pelo corpo através do próprio metabolismo).

A recomendação média atual diária de proteína são de 0,8g/kg do peso corporal, ou seja, cerca de 62g de proteína para uma pessoa pesando 77,5kg. Logicamente variando de acordo com a atividade física de cada um. Para o ganho de massa muscular, é recomendado no mínimo a ingestão de 2g de proteína por quilo. A proteína, dentre suas variadas finalidades, tem a capacidade de reduzir a degradação muscular em idosos e convalescentes de cirurgias, intensificação do sistema imune do corpo, auxílio na formação de hormônios, enzimas, estruturação e função dos tecidos, células e órgãos do corpo, chegando a constituir 17% do organismo humano.

Quando se fala em alimentos ricos em proteína, o conhecimento popular tende a priorizar produtos de origem animal, como carnes e derivados do leite ou ovos, porém há também uma grande variedades de alimentos vegetais ricos em proteína que podem suprir na alimentação.

A soja, quinoa, trigo sarraceno, milhete, lentilha, tofu, feijão, ervilha e arroz cozido, entre outros são ricas fontes de proteína vegetal. A combinação desses alimentos  cria uma união entre aminoácidos que contribuem ainda mais para a formação de proteínas de qualidade. O clássico arroz e feijão é um dos melhores exemplos de uma boa combinação, assim como a ervilha e milhete, lentilha e trigo sarraceno, quinoa e milho, arroz e ervilhas vermelhas.

A combinação desses alimentos garantem uma ótima fonte de proteína na dieta vegetariana.





Deixe um comentário

Encontre um consultório perto de você e agende agora mesmo uma consulta

Assine nossa newsletter

Cadastre seu e-mail e receba nossa newsletter com novidades sobre nutrição!