Loading...
Oleaginosas: mil propriedades e benefícios
25nov

Oleaginosas: mil propriedades e benefícios

As oleaginosas pertencem a um grupo de alimentos muito saudável, rico em proteínas, vitaminas e minerais, ricas em gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas. Agindo de forma benéfica nos níveis de lipídios sanguíneos, diminuindo o risco de desenvolver doenças cardiovasculares e atuam como antioxidantes.

 

Apesar trazerem benefícios, possuem um alto teor de gordura, por isso deve-se prestar atenção a quantidade, devendo ser consumido com moderação, principalmente por indivíduos que querem perder peso, seu excesso pode contribuir para o aumento da ingestão energética diária, acarretando ganho de peso. Uma porção que seja no máximo 150 calorias já é suficiente para obter todos seus benefícios.

 

As mais consumidas de forma in natura, são as nozes, castanhas, amendoim e amêndoas. De acordo com o Guia Alimentar da População Brasileira, elaborado pelo Ministério da Saúde, são ótimas opções para refeições rápidas, pois não exigem nenhum preparo prévio.

 

As sementes oleaginosas são responsáveis por reduzir as concentrações sanguíneas de LDL e triglicerídeos e aumentar a concentração da HDL, reduzir a pressão arterial e os processos inflamatórios. Também há estudos relacionando o consumo de oleaginosas ao controle do diabetes (sensibilidade à ação da insulina) e da Síndrome Metabólica.

 

Por serem alimentos que auxiliam na inativação de radicais livres, as sementes oleaginosas são importantes para a estética da pele, cabelos e unha e para o retardamento do processo de envelhecimento geral do organismo.

 

Elas ajudam também no emagrecimento se consumidas com moderação, atuando na redução da gordura abdominal, pois atuam na redução da concentração do hormônio cortisol, o que colabora para o controle de peso. Além possuir fibras que ajudam na sensação de saciedade e ajudam na digestão.

 

Abaixo listamos os benefícios de algumas delas:

 

  • Amêndoas: Rica em cálcio, fósforo, vitamina B2, vitamina E, fibras, proteína e gorduras monoinsaturadas e polinsaturadas. Ajuda nas reduções dos níveis do mau colesterol (LDL), protege a saúde cardíaca, mantém a saúde da pele, combate a falta de memória, fadiga física e intelectual.

 

  • Nozes: Excelente fonte de ômega 3, além de melhorar a memória e ajudar a estabilizar o humor, protege os neurônios contra a ação dos radicais livres, prevenindo o envelhecimento cerebral, efeito que por sua vez reduz o risco de doenças neurodegenerativas como o Alzheimer, Parkinson e demência. Contém vitamina E, um poderoso antioxidante, que previne inflamações e protege a saúde dos vasos sanguíneos.

 

  • Amendoim: Fonte de fitoesteróis, um tipo de gordura presente em óleos vegetais e frutos oleaginosos, com a capacidade de baixar os níveis de colesterol ruim (LDL) do sangue. Auxilia no controle do peso, da gordura abdominal e dos níveis de açúcar no sangue.

 

  • Castanha-do-pará: Rica em selênio, magnésio, e ômega 3. O selênio é um antioxidante, que retarda o envelhecimento da pele. O ômega 3 melhora a memória, concentração, habilidades motoras, reduz os riscos de doenças do coração, previne doenças degenerativas cerebrais, e neutraliza o stress. E o magnésio atua na formação dos ossos, no funcionamento das células nervosas e na atividade cardíaca e muscular.

 

  • Castanha de caju: Rica em ferro, mineral que é responsável pela geração de energia e transporte de oxigênio, reduz a sensação de cansaço e aumenta a capacidade de concentração. Contém também riboflavina e tiamina, que melhora a visão, a saúde da pele e sintomas da TPM.  Além do zinco, um mineral que atua na proteção ao sistema cardiovascular, função antioxidante, equilíbrio hormonal, fortalecimento do sistema imunológico e crescimento e regeneração muscular.

 

  • Castanha-de-pequi: Possui zinco e iodo, além de cálcio, ferro e manganês. O zinco, associado à vitamina C, combate os radicais livres, retardando o envelhecimento. O iodo estimula a glândula tireoide e evita doenças como o bócio.

 

  • Castanha-de-baru: Excelente fonte de cálcio, ferro, magnésio e zinco. Além disso, é rica em proteínas, fibras. Tem efeito redutor do colesterol devido ao ômega 9 e é efetiva na prevenção de problemas cardíacos e circulatórios.

 

 

Mas como todos os outros alimentos, as oleaginosas devem ser consumidas com moderação. Procure um profissional habilitado para adequar o consumo das oleaginosas a sua alimentação.





Deixe um comentário

Encontre um consultório perto de você e agende agora mesmo uma consulta

Assine nossa newsletter

Cadastre seu e-mail e receba nossa newsletter com novidades sobre nutrição!